Em 2017, perspectiva de queda da inflação e dos juros anima mercado imobiliário
Destaque, Economia, Mercado

Em 2017, perspectiva de queda da inflação e dos juros anima mercado imobiliário

O fortalecimento da economia permite alcançar infinitos benefícios para o mercado, como melhora na confiança e renda do consumidor, diminuição da inadimplência e aumento da empregabilidade.

Com a situação controlada é possível criar um programação financeira para obtenção do bem desejado, como um imóvel tanto comercial quanto, por exemplo.

O ano de 2017 é aguardado com muitas expectativas no que se refere ao mercado imobiliário.

Um fator que pode fortalecer as expectativas de melhora do mercado imobiliário em 2017 é a desaceleração da inflação. Em 2015, a inflação brasileira saiu de 10,7% e, aproximadamente, 7,2% em 2016.

Acredita-se que para 2017, a inflação seja de 5,07%, conforme divulgação do Banco Central no último Relatório Trimestral de Inflação, documento que possui as expectativas para a economia.

Segundo o portal Exame.com, o presidente do BC, Ilan Goldfajn,  comunicou que tentará conseguir atingir meta central de inflação de 4,5% estipulada para 2017.

Entretanto, ainda de acordo com o mercado financeiro, a estimativa da taxa de juros para 2017 é de 11%, o que presume uma queda maior.

 

Comments

comments