Acordo amigável pode evitar ações judiciais para condôminos inadimplentes
Acordo, Cobrança, Contrato, Destaque, Inadimplência

Acordo amigável pode evitar ações judiciais para condôminos inadimplentes

As taxas de inadimplência sobem em todo o país e com isso vários setores são afetados. Com as locações de condomínios  situação não está diferente. Os atrasos de taxas condominiais são uns dos quesitos que sofrem com o descumprimento do pagamento, ocasionando problemas nas contas do condomínio, que tem despesas fixas todo mês. Não havendo o pagamento, algumas atitudes podem ser tomadas para cobrar a dívida, podendo ser de forma judicial ou extrajudicial.

É aconselhável buscar acordo amigável, uma conciliação, que nessa situação torna-se mais vantajoso para ambas às partes. Se não acontecer um acordo, deve-se buscar a intervenção judicial.

Dependendo do caso, os trâmites processuais podem ir de um ano ou mais, variando de acordo com a Comarca em que o processo tramita e do Juiz que cuidará da ação. O pagamento da dívida está assegurado, ainda que necessário leiloar judicialmente o imóvel da família.

Os clientes inadimplentes de condomínio ficam sujeitos à cobrança judicial da dívida conforme previsão do artigo 275, inciso II b do Código de Processo Civil.

Algumas empresas especializadas em cobrança judicial e extrajudicial utilizam métodos específicos para realizar, como o Imobanco, banco de cobrança, que tem um sistema totalmente digital.

No processo de cobrança Imobanco, algumas fases são obedecidas, entre elas estão as notificações de atraso que são realizadas via emissão e envio de boleto, e-mail, SMS, carta e telefone.

Depois de ocorrido o envio das notificações e não havendo sucesso na primeira fase da cobrança, o departamento jurídico do Imobanco, faz o contato com o locador para saber se será realizada a ação judicial, sendo positiva a resposta, à ação judicial será iniciada pelos advogados do Imobanco.

É importante realizar sempre em dia a quitação da locação para evitar problemas no condomínio, pois a falta de pagamento pode prejudicar manutenção da habitação.

Conheça em: www.imobanco.com.br.

Comments

comments